Thiago Esperandio / Mundo vasto Mundo


Quais as chances de Serra ganhar?

Assim como no futebol, as equipes que montam o horário eleitoral estão muito equilibradas atualmente.

Já se foi o tempo em que Collor tinha, a seu lado, toda aquela tecnologia, contra os programas feitos com baixo orçamento, suor e raça pelo PT de Lula

Hoje o jogo se equilibra demais, os candidatos preparam muito a defesa tanto para os debates quanto para os programas da TV.

O emaranhado de números coloca todos os candidatos em dúvida, ou seja, no mesmo patamar.

O jogo da TV ou dos debates não é mais tão decisivo como foi antes. Deixaram de ser o mata-mata e agora, o campeonato é por pontos corridos, digamos.

Isso é desanimador para Serra e seus aliados que estão muitos pontos atrás de Dilma

O time de Serra precisaria de muitas goleadas para mudar a eleição.

No entanto, podemos dizer que entra nos jogos com um jogador a menos, porque tem menos tempo de exposição na TV e ainda tem no time adversário, o Pelé da política, Lula. Que se não pode ser o centroavante nestas eleições, está jogando muito bem no meio-campo.

As maiores goleadas no confronto direto entre os times sempre saem com boa ajuda das circunstâncias e não quando os times entram em campo sabendo que precisam aplicar a goleada, o que passa a ser um peso muito grande.

O time de Serra sabe disso, sabe das adversidades e o nervosismo diante da tarefa quase impossível já apareceu: a favela cenográfica no programa de TV foi péssima ideia.

A tentativa de chamar Serra, o italiano engomadinho com sotaque da Mooca, de Zé para parecer que ele é o candidato do Lula, que é o candidato do povo, vai fazer o Serra perder até os votos tradicionais dos tucanos, pois eles se sentirão traídos.

Alguns deles devem migrar para a Marina, que já percebeu isso e resolveu atacar Serra no Debate do UOL.

Serra está fingindo que se aliou ao adversário para ver se consegue marcar alguns gols. Elogia Lula, aparece na TV com ele, diz que vai continuar sua obra (etc...), contando com a desinformação das pessoas...

É uma tática de desespero. O campeonato está na reta final e, daqui para frente, os tucanos vão ter que ir até com o goleiro para a área.

Todo seu time (a mídia principalmente que atua na armação das jogadas) vai tentar um chutão para a área quando faltar mais ou menos umas duas semanas. Ou seja, devem tentar criar um grande escândalo como fizeram em 2006 para levar as eleições para o segundo turno.

Se vai dar certo ou se vai aumentar ainda mais a derrota, vai depender de uma série de fatores.

É esperar para ver.



Escrito por Thiago Esperandio às 21h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Só colhe quem planta

Um artigo publicado no site da BBC Brasil relata um estudo feito que mostra o quanto a pobreza e os abusos às crianças podem influenciar na formação de adultos com uma série de traumas e com dificuldades de se relacionar socialmente

Segue o link:

http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/2010/08/100816_estresse_infancia_doencas_rw.shtml?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter


Que me desculpem os que têm nojo de política, mas experiências como eram os CEUs na periferia de SP, criados quando Marta Suplicy foi prefeita, davam alimentação, teatro, cinema, piscinas, quadras e muito mais do que a molecada precisa para se desenvolver como cidadãos.

Os CEUs foram reduzidos até o sucateamento pela (indi)gestão Serra/Kassab.

Em vez de criar rádios comunitárias e pontos de cultura nos CEUS, melhorando e ampliando o estímulo para as crianças irem à escola, os tucanos reduziram o tamanho dos projetos dos CEUs como aconteceu na Cidade Tiradentes, por exemplo, e no máximo, colocaram cursos técnicos nas escolas, pois, para os tucanos pobre só serve para ser operário de fábrica e para fazer serviço que seus filhos não aceitam.

Locais como os CEUs, somados ao Bolsa Família são açoes fundamentais para que tenhamos um futuro melhor. Só quando todos forem tratados como cidadãoes, agirão como tal.

Bolsa Família para melhorar a dignidade de quem está desempregado. O Brasil melhorou muito na geração de empregos nos últimos anos, mas é sabido que não existe pleno emprego em sociedades capitalista.

Educação de verdade para o povo. É o mínimo!!!

Se não tivermos isso, o futuro pode ser pior ainda do que estamos imaginando para os filhos de todos.

Para aqueles que, além de terem nojo de política, ainda acham que não há diferença entre esquerda e direita, ou seja, entre PT e PSDB, sugiro que votem "indiferentemente" na Dilma e no Mercadante, pois, há muita diferença para quem precisa ser incluído socialmente.



Escrito por Thiago Esperandio às 15h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 26 a 35 anos
Histórico
Outros sites
  Agência Carta Maior
  Malvados (tiras inteligentíssimas)
  TID
  Blog do Saramago
  Blog do meu amigo Rene
  Blog do Tom Zé
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?